segunda-feira, 18 de maio de 2015

Paralaxe

Jura que ama como a inconstância do vento.
Eu finjo que lamento, ela amua e se inflama.
A paz da areia me chama, a ela o firmamento.
Torna assim um tormento, que o fel reclama.
Se o frio desejo e intento, é o calor da chama.
Como ficar na cama com seu ser barulhento?
Com seu tempo lento, que quer tudo e clama,
Inventa e trama quando permaneço atento.
Então, me isento, mas se traveste em drama.
Na cidade, guerra proclama se o campo tento.
Se com cores me apresento enquanto brama,
Contamina o panorama com seu tom cinzento.
Então estou indo, que o amor assim não rima.


20 comentários:

  1. Que lindas rimas, ah, fique um pouco mais, amei ler aqui o belo poema com o título "paralaxe", fui até pesquisar o que essa palavra quer dizer.
    Nos disse, belo o seu parecer!
    Amei, deixo aqui um abraço bem apertado, meu amigo sempre querido, Augusto (nome lindo)!

    ResponderExcluir
  2. Que lindo,Augusto! Gostei de ler! abraços, ótima semana! chica

    ResponderExcluir
  3. Olá Augusto,

    Quanta discrepância-rsrs!
    Assim não há como o amor rimar mesmo-rs.
    Adorei, principalmente a construção dos versos, super rimados e cadentes.

    Felizes dias.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  4. Tom cinzento nao rima com amor...

    Muito belo!

    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Gostei de ler,como sempre muito boa leitura.
    E essas flores?
    lindas.
    BOM DIA!

    ResponderExcluir
  6. Olá amigo
    O poema nem parou pra descasar, esse amor que aflora a alma.
    Seu poema estava todo rimadinho.
    Não gosto de rimar. mas...
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada um tem seu gosto e seu estilo. Os seus não usam rimas e eu gosto deles também.

      Excluir
    2. Bom dia caro amigo Augusto..
      me deleito a ler poemas assim.. que passam muito e vestidos por rimas como eu bem gosto.. afinal tenho mais de 1200 sonetos e umas 800 poesias comuns todas rimadas rsrs rima não me deixa em paz rsrs ainda bem.. abraços poeta

      Excluir
  7. Caro Augusto , vindo de um blog de uma amiga querida , vim aqui ter a sua casa ... gostei muito do Poema e do seu conteúdo .
    Cumprimentos
    Luis Sousa

    ResponderExcluir
  8. Oi Augusto \o/
    Onde há discordância,
    tudo fica realmente cinza...
    O belo poema retrata
    como são alguns relacionamentos.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Oi Augusto
    Muito bom! Acredito que o poema a gente lê não só com os olhos, mas com a alma, temos que sentir, e a pitada de ironia que eu senti, deu um charme a mais. Acho que vc é um escritor fantástico, uma pessoa muito culta. Gosto muito de seus comentários em meu blog, principalmente quando discorda e o faz sempre fundamentando sua discordância.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  10. Oi Augusto ,
    Obrigado pelas suas Palavras lá no Reflexos , e é claro que sim, virei aqui sempre a cada postagem sua :)
    Bom Fim de Semana e aquele Abraço !
    Luis Sousa

    ResponderExcluir
  11. OI AUGUSTO!
    FUI PESQUISAR O QUE É "PARALAXE" PARA ENTENDER MELHOR TEU TEXTO.
    UM TRABALHO GENIAL, COM UMA PITADA DE IRONIA E COM RIMAS EM PERFEITA CADÊNCIA COMO GOSTO E FAÇO TAMBÉM.
    ABRÇS

    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Que lindo! O amor não rima... Ah, o amor pode tudo, até não rimar!
    Abraços, poeta!

    ResponderExcluir
  13. Oi Augusto,

    Excelente !
    Uma ótima semana!
    Um ótimo mês
    Um abraço, e um sorriso!
    Blog da Smareis

    ResponderExcluir
  14. Pois é mano escreve bem e sem rima
    também fica perfeito como a cor dessa flor
    ai rimou rsrs beleza mesmo

    Abraços com carinho!

    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir
  15. Boa noite meu querido amigo
    Depois de tantas rimas belas vai embora dizendo que o amor não rima.
    Isso é maldade sua. Nos prepara para um lindo poema de amor e vai embora assim
    Com rima ou sem rima o que vale é amar.
    Amei os seus versos Augusto
    Um abraço apertado e muitos beijinhos
    Um sorriso carregado de estrelas

    ResponderExcluir
  16. Agradeço-lhe por tão belas palavras Augusto
    Fui pesquisar o significado da palavra "Paralaxe" e me surpreendi com tamanha concordância entre os versos, lhe agradeço por ter me proporcionado um bom momento de reflexão.
    Um forte abraço
    Jhonatan 1°B N°40

    ResponderExcluir
  17. Lindo poema professor , adorei , você tem talento para isto Jhonatan N°16 1B

    ResponderExcluir
  18. mostra como o amor q é infinito sempre acaba...a palavra paralaxe juntou o bom ao melhor,você tem um imenso talento Parabéns☼♫♫♫
    Raphael 1ºC nº31

    ResponderExcluir

A configuração de comentários foi ativada.

Obrigado por passar neste espaço.
Deixe sua participação.