quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Sons do tempo

Vai de roda, vai de roda, não se encoste no braseiro.
Cante um verso bem bonito, dê adeus e vá embora.
Passe o anel, passe o anel e não encare o parceiro.
Lenço atrás, lenço atrás e corra esse mundo afora.

Bola, bola queimada, vá para o inferno e não chora.
Na trilha da onça ligeira não se torne companheiro.
Pega, pega molecada que ainda não veio a aurora.
Esconde, esconde logo que eu reconto até o milheiro.

Cabra cega, roda cabra e roda até virar o ponteiro.
Pula corda, pula corda que o jabuti já não demora.
Sai de banda, sai de banda que meu gude é certeiro.
Jacaré comprou cadeira para a sogra, sim senhora.

Jogue a pedra amarelinha e vê se ela não se escora.
Faça um verso de amor para aquele amor primeiro.
Pule a fogueira Iaiá, mas não olhe para a caipora.
Bang-bang cara-pálida, não estrague meu canteiro.

Pegue o rabo do balão, que o busca-pé já não perora.
Três catiças pirilampo, deus me livre do aguaceiro.
Dê um chute no gol direto e não mande a bola fora.
É mulher do padre o que corre e não vem primeiro.

Arco íris, arco de roda, risca o chão desse terreiro.
Pisca o olho, balança a saia e corre que a face cora.
Chora, chora bonequinha, que papai já vem ligeiro.
Ligeiro como a flecha que risca o tempo de outrora.


18 comentários:

  1. Que lindo, amei ler amigo filósofo poeta!
    Alguns versos me fizeram reconhecer as brincadeiras de outrora, brincadeiras de roda, passa anel, pega-pega, esconde-esconde, cabra cega, meu balanço no quintal embaixo de uma grande árvore, que saudade boa!
    Abraços bem apertados, mas bem apertados mesmoooo!

    ResponderExcluir
  2. Tuas inspirações são sempre dignas de aplausos! Essa mais uma! abraços,chica

    ResponderExcluir
  3. Que bonito, Augusto!
    Recordo apenas o esconde-esconde, a cabra-cega, o saltar à corda... Muito belo o poema em jeito de recordação de outros tempos. Será que as crianças de hoje ainda conhecem estas brincadeiras?...Talvez em locais mais afastados dos grandes centros, porque nos grande centros, embora o jogo de bola se mantenha, o isolamento nas consolas, nos computadores e telemóveis é o que tem mais visibilidade.
    Parabéns, Augusto, gostei muito.
    xx

    ResponderExcluir
  4. Oi Augusto, boa tarde :)
    Algumas dessas brincadeiras
    eu conheço, outras, só ouvi falar.
    Brinquei muito de amarelinha!
    Mudam-se os tempos e os sons, idem...
    Beijos e bom final de semana!

    ResponderExcluir
  5. Que lindo mano véio gostei
    lembrei de tantas vezes que rodei la
    no sitio com as meninas brincando de roda kkk
    me deu até tonturas viu mas eu amei o poema lindão
    Bom fnal de semana
    Bjusss

    Rita!!

    ResponderExcluir
  6. Que beleza, Augusto!
    Show de criatividade.
    De repente, me vi na infância. Quase tudo isso fez parte dela. Um tempo maravilhoso, cheio de descontração e de vivência real da infância. Pena que as crianças de hoje são criadas em condomínios ou dentro de casa, dedicando-se a lazeres bem diferentes e bem menos saudáveis do que os do tempo de outrora.
    Poema espetacular. Parabéns pela linda criação. O tútulo ficou perfeito.

    Ótimo final de semana.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  7. Que lindo, que inspiração maravilhosa!
    É muita criatividade em versos.
    Parabéns!
    Me senti menina agora, principalmente com a queimada que eu jogava todos os dias e raramente ia pro inferno.
    Amei!
    Abraços

    ResponderExcluir
  8. Olá,Augusto
    Comigo,Tudo na paz,e tu?
    Parabéns pela criatividade
    ...não sou da pieguice de achar que tudo no passado era melhor ou , como se costuma dizer, não brincamos mais como antigamente, mas, tenha certeza de que meus olhos enchem de lágrimas e sempre me transporta para os bons tempos idos, tantas as saudades das brincadeiras de outrora , mas sei que o tempo é inexorável. Não é possível fazer o tempo parar e tudo se transforma à medida que o tempo passa -indiferente às mudanças- e a flecha do tempo, ligeira, impõe a irreversibilidade dos eventos ...então, que possamos aproveitar da melhor maneira, dentro do possível , cada instante de nossa vida
    Obrigado pelo carinho... se não mais, Boas Festas e Feliz 2015 junto aos seus, belos dias,abraços!

    ResponderExcluir
  9. Olá Augusto,

    Quantas travessuras de criança nos trouxe nesse texto...

    Voltei ao passado...

    Bjos

    ResponderExcluir
  10. Gostei imenso do teu poema.
    É excelente e criativo. Até dá para musicar.
    Tem um bom resto de semana, caro amigo Augusto.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  11. Estimado amigo Augusto
    A tua criatividade contagia. Me envolvi na sonoridade das brincadeiras impostas nos teus versos fabulosos. Brinquei, sorri, me diverti e visualizei uma musicalização para a sua espetacular criação. Parabéns Augusto
    Um abraço apertado e beijokas na coração.

    ResponderExcluir
  12. Hoje vim deixar meu abraço pelo ano
    todo que vc esteve comigo, agradeço seu carinho
    vou sair de férias e volto em janeiro com meus posts
    favoritos, espero que nossa amizade permaneça em 2015
    Desejo um feliz Natal e um novo ano cheio de muita Paz

    Aqui minha gratidão por tudo

    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir
  13. Querido amigo, sei que a sua árvore já está montada, mas, para acrescentar algo mais na sua, trouxe uma parte da minha . Estou me antecipando nas visitas, festas, visitas e na chegada do ano novo, estarei mais ausente. Meu marido fará uma cirurgia, concluindo os exames e provavelmente nessas férias ele será cirurgiado. Cuidar da saúde dele é importante. Estou organizando as postagens para facilitar, quanto as visitas farei quando for possível.
    Pedirei a Deus que tudo de certo e que o ano novo seja abençoado para todos nós.
    Desejo-te neste natal e no ano vindouro:
    Paz
    União
    Alegrias
    Esperanças
    Amor. Sucesso
    Realizações Luz
    Respeito Harmonia
    Saúde Solidariedade
    Felicidade Humildade
    Confraternização Pureza
    Amizade Sabedoria Perdão
    Igualdade Liberdade. Boa - Sorte
    Sinceridade Estima.Fraternidade
    Equilíbrio Dignidade Benevolência
    Fé Bondade. Paciência. Gratidão Força
    Tenacidade Prosperidade Reconhecimento
    Um Natal iluminado
    pela luz do menino
    Jesus
    E que esta Luz se estenda iluminando a sua vida e da sua família
    Em 2015, para que a felicidade reine em seu lar.obrigada por ter estado comigo neste mundo virtual, alegrando o meu viver e que possamos continuar a nossa missão no ANO NOVO!
    FELIZ NATAL ! E UM ANO NOVO ABENÇOADO.
    São os votos da amiga Lourdes Duarte.
    http://professoralourdesduarte.blogspot.com.br/
    http://filosofandonavidaproflourdes.blogspot.com.br/
    Prof Lourdes Duarte http://pensador.uol.com.br/colecao/lourdesduarte/
    https://www.youtube.com/channel/UCaYuH232flzuEJPUlAD2HvQ

    ResponderExcluir
  14. Boa noite meu querido amigo Augusto
    Que o Menino Jesus traga alegria e felicidade em abundância para você e sua família. Muita luz e amor!
    Feliz natal amigo!
    Um carinhoso abraço recheado de saudades
    Gracita

    ResponderExcluir
  15. haaaa meu tempo de criança! já faz tanto tempo que as coisas boas vão fugindo da memória, quantas brincadeiras boas, e sobrevivemos a uma época sem celular, tablets, e nots, kkkkkkk uma ótima postagem parabéns me fez relembrar muitas coisas de criança.

    ResponderExcluir
  16. Querido Amigo.
    em primeiro lugar obrigada pela visita e carinho
    na passagem de Natal.
    Obrigada pelo carinho no decorrer desse Ano que
    esta chegando ao fim.
    Conto com sua companhia no ano que
    vai nascer.
    Sua fidelidade é impar ..
    um feliz final de semana.
    Abraços..
    Evanir.

    ResponderExcluir
  17. Bom dia Augusto,
    Que lindo ficou esse poema, carregado de alegria e brincadeiras,me fez voltar a um tempo muito distante...Como é bom voltar a ser criança e se deixar levar em sonhos e encantos neste seu poetar. Parabéns!
    Amigo, muita saúde, paz, prosperidade e abundância em todas as áreas da sua vida nesse ano novo que chegou. Que você tenha dias carregados de incríveis momentos.
    Feliz 2015
    Deixo um grande abraço
    Marilene

    ResponderExcluir
  18. Lindo poemaaaaaaaaaaaaa, amei professor <3
    Talita 3H N26

    ResponderExcluir

A configuração de comentários foi ativada.

Obrigado por passar neste espaço.
Deixe sua participação.