domingo, 29 de setembro de 2013

Se você fala, agradeça ao Foxp2

Uma família inglesa atraiu a atenção da comunidade científica, nos anos 90. Isso porque quase metade dos membros diretos possuía dificuldades em movimentar os músculos da face e dos lábios, não lhes permitindo articular as palavras com exatidão e formar os sintagmas (encadeamento lógico de palavras em frases compreensíveis). A família foi estudada por pesquisadores da Universidade de Oxford e eles identificaram uma mutação associada àquela dificuldade exatamente no gene Foxp2, do cromossomo 7. Compararam com outros indivíduos que tinham o mesmo problema, mas que não pertenciam à família, e constataram que o foco de suas dificuldades também residia numa alteração deste mesmo gene.
Mesmo que alguns insistam em atribuir linguagem aos animais, sabe-se, com certeza, que ela é exclusiva do ser humano e inerente a ele, ou seja, é um dos atributos que o capacita a se tornar humano. Assim, essa característica distintiva da espécie é pré-requisito para a evolução de sua cultura e civilização. Claro é que inovações anatômicas da faringe e boca, bem como do cérebro, possibilitaram a articulação de ideias em palavras e o surgimento da habilidade de linguagem dependeu da evolução de vários outros genes.

Porém, ao se comparar com a seqüência de outros grandes macacos, a versão humana do Foxp2 possui um padrão único sequencial de aminoácidos que indica positividade na seleção, isto é, este gene evoluiu rapidamente na linhagem que levou ao homem. Provavelmente, mutações se fixaram no gene humano na mesma época em que eles adquiriram sua anatomia moderna. Ao articular sons que permitiram uma comunicação, mesmo que rudimentar, possibilitou à espécie acumular conhecimento, desenvolver uma cultura oral (nomeando as coisas e definindo os sentimentos) e se expandir pelas terras firmes do planeta.
Pode-se concluir que a linguagem foi um importante constitutivo no processo de construção do homem moderno, tanto que é impossível viver sem ela. E tudo graças às alterações sofridas no gene Foxp2.
Mas, há sempre um "mas"! Em comparação com os dinossauros, que tiveram 250 milhões de anos para evoluírem, o homem atual teve apenas 40 mil. Em termos evolucionários esse não representa um período considerável para que o homem tenha tido uma evolução tanto no seu aspecto físico (filogenético) como no seu aspecto cultural (ontogenético), principalmente quando se compara com seus primos mais próximos. Daí, surgindo três vertentes que tentam e teimam em considerar suas hipóteses como verdadeiras, pois o Foxp2, como está, só é encontrado na espécie humana.
A primeira (científica e antropológica) afirma que, ao adquirir uma postura ereta, acarretou no homem modificações nas mãos, o focinho recuou, a laringe desceu e se pregueou, o cérebro aumentou com a descida dos ouvidos etc., o que lhe permitiu vocalizações e, posteriormente, uma linguagem rudimentar. Daí, a construção de uma cultura oral foi um passo e esta é o princípio do desenvolvimento do homem. Conclusão: somos produtos de erros genéticos que resultaram positivos na espécie.
A segunda (sobrenatural) afirma que os hominídeos foram visitados por seres de outros planetas ou dimensões, mais evoluídos e que teriam a intenção de fazer uma espécie progredir também no nosso planeta. Então, abduziram e alteraram geneticamente a espécie mais propícia e implantaram uma alteração no gene foxp2. Conclusão: somos produtos de uma intervenção alienígena.
A terceira (religiosa) afirma que um ser todo-poderoso, um deus (ou vários deles), também alienígena, tenha tido a intenção de gerar um ser semelhante a si. Então criou este planeta (e um universo inteiro) e pôs nele muitos seres vivos. A maior parte já foi extinta, mas ainda sobraram uma infinidade deles (muitos desnecessários). Quando uma espécie adquiriu uma semelhança física com aquele deus, este inoculou, por meio de um sopro, uma alma nos indivíduos mais próximos de si e a partir de então (conhecendo o bem e o mal) aqueles seres passaram a ser chamados de homens. Porém, a maioria dessa terceira via, afirma que o homem tenha sido criado tal qual é encontrado agora, que ele não tenha passado por milênios de evolução e que se parece fisicamente com aquele deus criador de tudo e de todos.
Há três caminhos e saber exatamente qual nos leva à verdade depende muito do nosso conhecimento, do nosso desejo, esperança, fé, medo, intenção, vontade, alienação, sonho e tantas particularidades próprias de cada ser humano nesse universo imenso. O que não pode é alguém impor sua "verdade" como se ela fosse a definitiva.



27 comentários:

  1. Boa noite Augusto

    Ainda bem que fizeram essas alterações no gene Foxp2; pois falo demais.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  2. Meu amigo professor querido Augusto,antes de tudo quero agradecer seu carinho lá no meu espaço, pois é, quando leio seu nome lá fico feliz pois sei que é sempre muito sincero e amigo, a recíproca com certeza é verdadeira!
    Amei ler aqui, aprendi uma coisa que não sabia, ou melhor, não sei muitas coisas, aqui aprendo e gostei demais de saber que a nossa capacidade de falar se deve às alterações do gene Foxp2.
    Abraços meu amigo sempre bem vindo por lá, podes crer!

    ResponderExcluir
  3. Olá Augusto. Vim lhe agradecer a visita ao blogue Educação em foco e principalmente teu comentário no meu post hoje. Já respondi lá!

    Muito interessante o teu post. Gosto de assuntos assim que nos fazem refletir sobre nossas origens e os "mais" que nos compõem!

    Um grande abraço pra ti!

    ResponderExcluir
  4. Oi Augusto,td bem?!
    Gostei do texto,para algumas pessoas esse assunto é polêmico.
    Achei muito interessante quando os cientistas descobriram o gene Foxp2...isto foi a confirmação de que o homem descende geneticamente de um humanoide pensante e não de um macaco,afinal estes não possuem o gene da linguagem.
    Esta é a minha opinião,mas como vc sabiamente escreveu:
    '...à verdade depende muito do nosso conhecimento,do nosso desejo, esperança,fé,medo,intenção,vontade,alienação,sonho e tantas particularidades próprias de cada ser humano nesse universo imenso.'
    Eu não gosto de impor verdades,respeito as três vertentes,mas acredito só em uma:
    a religiosa.
    Abraços \o/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Augusto!

    O que é feito de você, homem de Deus?

    Já sei. Li no blogue da Ivone, que tem andado atarefado. Nem me fale em tarefas, e muito menos escolares, porque eu vou mantendo dois blogs, mas em alternância, porque, conjuntamente , não consigo. Nossa! Tanto trabalho!

    Bem, teu texto, é um SENHOR TEXTO.

    A História passou a ciência no século XIX, mas acho que você, bem mais jovem, naturalmente, passou antes dela.

    Fiquei sabendo tanta coisa, aqui! Mas, sabe, Augusto, eu sou muito pouco racional, sou mais coração, e portanto, por vezes, nem presto atenção a essas coisas que são muito importantes, de facto.

    A verdade nunca é total, nem uma só pessoa a possui. A verdade é diagonal aos saberes.

    Bom fim de semana.

    Beijos da Luz.

    ResponderExcluir
  6. Existem três tipos de conclusões , entretanto convém mais a Lógica !
    Sobre um possivél erro genêtico no foxp9 . Já na parte de alieniginas não existe tanta probabilidade que seja isso ,ou ''deus'' castigando a familia !

    Fernando Bastos 3ºB Nº11

    ResponderExcluir
  7. O texto é muito bom , fala sobre aspectos da vida que as vezes nós desconhecemos e as origens dos homens e como pode ser importante sabermos para mais tarde utilizar na vida Gabriela 12 3ªB

    ResponderExcluir
  8. As hipóteses são bem claras , porém a que me deixou mais ''pensante'' foi a ciêntifica
    porque ela mostra oque realmente aconteceu com a família em seu gene foxp2
    Mauricio Junior 3ºB Nº27

    ResponderExcluir
  9. Infelizmente ainda temos pessoas que se consideram donas da verdade absoluta!...rss...creio ser demais pra alguns a ideia de evolução das espécies,ainda mais com um gene danificado!De minha parte,creio que seja qual for a explicação não cabe a nós a certeza!Gostei de seu texto e sempre coloca a gente pra refletir! bjs,

    ResponderExcluir
  10. Achei o texto interessante, que nos leva a reflexão de nossa existência e evolução. Natalia N°29 3°B-Leticia

    ResponderExcluir
  11. Não há uma única verdade, razão pela qual sempre se deve respeitar o posicionamento divergente de terceiros. Acredito na teoria da evolução, mas tenho a vida como presente divino. Há muitas detalhes que a ciência não explica.
    (obrigada por ter retribuído a visita e pela delicadeza de seu comentário.)
    Abraço.

    ResponderExcluir
  12. Gostei muito do texto , ele nos leva a refletir sobre nós mesmo , sobre nossa existência e capacidade de evolução !

    Wellington Henrique / n°47 / 2°G

    ResponderExcluir
  13. O TEXTO E MUITO INTERESSANTE POIS MOSTRA NOSSA SEMELHANÇA COM OS ALIENIGENAS POIS NOSSAS ATITUDES SAO FRUTOS DELES MUITAS PESSOAS NAO CONSEGUEM SE COMUNICAR POR TER PROBLEMAS MAS SABEMOS QUE TEM SOLUÇOES QUE PODEM AJUDAR A MELHORAR OS ALIENIGENAS TEM UM MEIO QUE SE PAREÇE MUITO COM NOSSOS ONDE PODEMOS ACRETIDITAR QUE A ESPERANÇA PARA MELHORAR ALEX AP ZANELLI PEREIRA 2°C N°1

    ResponderExcluir
  14. Adorei o texto,pois fala sobre uma das coisas mais impressionantes do corpo humano,a capacidade de se comunicar ... agradeço ao foxp2 u.u


    vinicius 3ºb nº40 leticia de godoy

    ResponderExcluir
  15. O texto ressalta a nossa existência e nossa evolução, dizendo assim que a comunicação é essencial, já não podemos mais viver sem ela. Por mais que aquela família tenha tido problemas, elas necessitavam se comunicar. Como nós, animais e tudo que existe. '' Falar '' é tudo.

    Nadine Mascia nº28
    3ºB

    ResponderExcluir
  16. Texto muito bom e interessante, que nos leva a reflexão de nossa existência e capacidade de evolução. Felipe N°10 3B Leticia

    ResponderExcluir
  17. das hipóteses apresentadas ,cientifica,religiosa e dos alienígenas, a melhor hipótese é a cientifica pois a mim parece a melhor resposta em relação as outras...

    Eliezer D. C. Junior n°9 3ºB

    ResponderExcluir
  18. O texto é muito interessante, gosto muito de aprender sobre as curiosidades sobre o nosso corpo, foxp2 é uma que eu não sabia, agradeço a Deus e a evolução, pois hoje posso fazer uma das coisas que mais gosto que é cantar graças ao foxp2 ;D


    Kelvyn 3ºb Nº20 Leticia de Godoy

    ResponderExcluir
  19. O texto nos leva á uma reflexão sobre quem somos e de onde realmente viemos. Como dito no texto, acho que isso depende muito de cada ser, de suas convicções, conhecimento, religião e etc.
    Julia Freitas nº 18 3ºB

    ResponderExcluir
  20. O texto nos mostra que pode haver mais de uma verdade, mais de um processo evolutivo e que a verdade nunca está clara. Daniel 3ºB Nº5

    ResponderExcluir
  21. O texto é de se refletir muito, pois mostra vários tipo de nossa existência, umas logicas e outras muito difícil de acreditar. Mas faz nós pensarmos sobre nós menos, muito bom. Gabrielle n°13 3°B

    ResponderExcluir
  22. A conclusão sobre a foxp2 é Uma doença que ocorre , Claro que inovações que surgi na faringe Humana, Provocando dificuldade na linguagem ,deixando O homem muito próximos dos macacos

    Matheus -3ºB n°26

    ResponderExcluir
  23. Existem três tipos de conclusões , entretanto convém mais a Lógica !
    As hipóteses são bem claras , porém a que me deixou mais ''pensante'' foi a ciêntifica
    porque ela mostra oque realmente aconteceu com a família em seu gene foxp2
    Lucas n°23 3°B Leticia

    ResponderExcluir
  24. O texto é muito interessante, pois nos faz refletir sobre a nossa existência e a nossa evolução, em relação as 3 hipóteses apresentadas a melhor é a científica.
    Ingrid, 3°B, n°:11, Leticia de Godoy

    ResponderExcluir
  25. As três conclusões podem estar certas pois não a somente uma verdade, a varias so depende do nosso ponto de vista. Mas para mim a logica mais coerente e a de que Deus criou o homem e todos os seres vivos existentes.
    Renata 3°B n°32

    ResponderExcluir
  26. nossa adorei o texo professor
    2°A 36

    ResponderExcluir
  27. Parabéns, é por ai mesmo, NÃO era para falarmos NENHUMA palavra se a sequencia da evolução fosse NORMAL, mas, claramente VEJO (nos estudos que faço desde de muito, e continuo fazendo) fomos realmente MANIPULADOS GENETICAMENTE estamos presos a 46 cromossomos, nossa GLÃNDULA PINEAL está envolucrada justamente por estes que nos manipularam, e o que dirá sobre o verbo FALAR na primeira conjugação ??? Quando acharmos a palavra temos que ir para o dicionário e verificar o significado de eu "FALO", ligado aos mesmos manipuladores, e vemos a sua representação espalhada como monumentos pelo mundo. E o pior sobre o FOXP2, é que com essa mexida, foi onde começou as DOENÇAS nos seres 'h'umanos e o pior, DOENÇAS EM CADEIA.

    Forte abraço.

    ResponderExcluir

A configuração de comentários foi ativada.

Obrigado por passar neste espaço.
Deixe sua participação.