sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Devenir

Como sei que a presença da ausência é constante eu me torno volátil, viro bruma solta e me dissipo no espaço, revolteio-me no vento e sendo o próprio vento, sou presença. E, presente, deixo de sê-la. Viro ausência.
Como sei que a saudade dói e arrasta-me ao inferior, calcifico-me. Então, endurecido e revestido de uma proteção que faz com que, quando ela bate, eu me baste. E, me bastando, deixo de senti-la. Torno-me saudade.
Como sei que a fera, uma vez liberta, nunca mais voltará ao seu reduto, porque no seu intuito de se distanciar sempre, na ânsia de querer alçar o mais alto nível, no afã de procurar e nunca encontrar o que deseja, porque o que ela quer está dentro de mim, eu viro fera. E, sendo-a, nego-lhe.
Como sei que a garoa é à toa, não tem razão de ser, eternamente inútil, não me preocupo com ela. Mas ela existe e aí está. É como se tivesse peso, a garoa. Um peso despido de massa, constituído de leveza. É a leveza da garoa que pesa.
Eu me canso de ver a garoa, ou melhor, de não ver por causa dela. Então, leve como ela, deixo que me leve. Sendo assim, dou-lhe razão de ser e de pesar. Apesar do pesar.

14 comentários:

  1. Encantada com o Poema! Lindo! Parabéns! Sem mais palavras! Lindo mesmo!

    ResponderExcluir
  2. Olá meu amigo querido.
    É tão benéfica essa sensação de "Eu me basto" pois assim não permitimos que as dores e os sofrimentos nos atinjam com grande intensidade.
    Augusto você me emocionou com tuas deliciosas palavras. Obrigada! Um feliz natal para você com muito amor e harmonia.
    Obrigada pelo presente de sua amizade neste ano.
    Que você tenha 2013 motivos para comemorar o novo ano.
    Beijinhos com meu carinho e meu afeto
    Gracita

    ResponderExcluir
  3. Oá querido amigo, obrigada pela visita e felicitações do Natal e Ano novo. Que seus desejos sejam realizados com a benção do Menino Jesus.
    …....... /)
    ……... ( , )
    ….….|░░░|
    ……..|░░░|☆ Obrigada de _(♥)_
    …..@|░░░|¸.¤“˜¨Vim deixar um abraço
    .¨˜“¤|░░ഐ¤ª@“˜¨¨Agradecer a sua presença no meu cantinho e desejar um Feliz Natal cheio de brilho. Um Feliz Ano Novo e Boas Festas!
    …¨˜“გª¤.¸::¸.¤ª☆“˜¨¨.
    …¤¸*¸.¤ª“˜@¨¨¨***Abraços
    Lourdes Duarte

    ResponderExcluir
  4. Boa noite Augusto :)
    Amei seu poema que embora triste,tem uma beleza literária incomum.
    Vc tem o dom da escrita inserido no espírito.
    Boas festas,com muita saúde e paz pra vc,sua família e seus amigos.
    Abraços \o/

    ResponderExcluir
  5. Esse teu texto está super reflexivo. Vem de dentro, faz sentido e sentires! Talvez porisso vem à tona com um certo peso que molha e nos embaça....talvez até nos embarace.
    Parabéns!!Belissimoooooo!!

    Agradeço sua companhia nesse ano de 2012 e desejo-lhe um Natal e um Ano Novo felizes, cheio de alegrias, sonhos, amor, saúde e paz!!
    Boas Festas!!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  6. Nossa vc tmbm é poeta heim...... é meu amiga de vez em quando temos que nos calcificar de muitos sentimentos que nos atrapalham.. e nos fazer lembrar .. de coisas não muito agradáveis.. calcifico-me amei essa colocação.... Forte.. um abraço e fique com DEUS..

    ResponderExcluir
  7. Uauuuu....arrasou, fico encantada com tudo isso que sai dessa cabeça, com certeza esse ano lerei poemas tão bons quanto esse ou melhor.

    ResponderExcluir
  8. ps: Amanhã é véspera de natal estaremos juntos e faz 5 dias que não como hem....kkkk capricha nos doces, hummmm que já estão a povoar meus pensamentos.

    ResponderExcluir
  9. Olá Augusto,

    Esperava ansiosa para ler um de seus poemas, e confesso que encontrei-me em cada palavra, viajei de primeira classe nesse texto tão verdadeiro, tão intenso e tão seu...

    Bjos

    ResponderExcluir
  10. Augusto,
    seja feliz hoje e sempre! QUe Deus continue a abençoar sua vida trazendo realizações e alegrias plenas em cada novo dia do novo ano! Gr. Bj.!

    ResponderExcluir
  11. Lindo ...e que bom ver mais textos, poemas e mensagens suas postada aqui
    Arrsou mais uma vez
    Deixando um abraço por isso
    Bjuss
    Rita!!!

    ResponderExcluir
  12. Olá amigo Augusto!

    Já te disse que escreves bem e que aprecio a profundidade dos textos, das poesias que escreves?
    Os meus Parabéns, pois a poesia não só é bonita, como nos faz viajar e reflectir.
    Que 2013 seja um ano pleno de aprendizagem e de realizações de sonhos.

    Feliz 2013!

    Beijinhos,

    Cris Henriques

    http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Grato pelas visitas e comentários, pois eles nos obrigam a escrever mais e melhor e que, no mais, são para os amigos e leitores. Abraços!

    ResponderExcluir
  14. Oi meu querido amigo, muito obrigada por seu constante carinho em meu blog, perdoe-me a falta de presença mais constante, amo suas intervenções, mas o segundo semestre é pesado demais para um professor de cursinho, ainda realmente não parei, ainda estou acompanhando o resultado do ENEM junto a galera.Que vc tenha um ano novo digno de vc, ou seja, perfeito! Forte abraço

    ResponderExcluir

A configuração de comentários foi ativada.

Obrigado por passar neste espaço.
Deixe sua participação.