terça-feira, 28 de agosto de 2012

O que mais irrita?

A grande maioria das pessoas padece de três doenças terríveis e piores do que qualquer outra. Essas doenças são altamente contagiosas e se alastram sem que se note. Os sintomas não são percebidos, pois a pessoa afetada não possui a menor noção de que está doente. Mas é perceptível que está infectada quando ela se irrita facilmente, se magoa e se vinga quando alguém lhe chama a atenção, lhe dá um toque sutil sobre os efeitos danosos de qualquer uma delas. Deixam sequelas irreparáveis, capazes de afetar o raciocínio para o resto da vida. Apesar de haver vacina e outros métodos para a cura, a pessoa afetada resiste em procurar a sanidade e se nega a admitir seu mal. Estou falando da feiúra, da burrice e da pobreza. Não se trata da feiúra física, pois esta é apenas um dado cultural. O que foi belo um dia, hoje não é mais, e o que era feio, passou a ser maravilhoso. Estou falando da feiúra do caráter, daquela que torna feios os atos, por serem nefastos, dolosos, adrede. Essa pessoa enfeia tudo que toca, que faz e mais destrói que constrói. Deixa um rastro de sujeira por onde passa, joga lixo nas ruas, picha prédios públicos, briga, grita e não respeita seus vizinhos. É geralmente espaçosa e dada às bravatas, enche a cara e fala com a boca cheia, está sempre com a razão e arranja encrenca até com as pessoas mais pacíficas. Ela não sabe que é feia, mesmo tendo até uma bela aparência. Estou falando também da burrice. Essa doença é, de fato, muito perigosa, pois ataca o sistema neuronal e reduz a capacidade de pensar e refletir, características puramente humanas. Isso mesmo, quem sofre de burrice se torna visivelmente desumano. Não se trata do ignorante, porque este, quando quer saber algo, pergunta, pesquisa, lê mais, discute, reflete e conclui verdades. A busca pela verdade das coisas é um dos pré-requisitos para que o indivíduo se torne humano, envolto num processo que dura sua vida toda. Ficar curado da burrice é até fácil, mas quem sofre dessa doença acha que já sabe tudo, que não precisa de mais ninguém, fala demais e comenta sobre o que não sabe, dá pareceres sobre tudo e julga sem propriedade. O pior é que sua doença não lhe permite realizar bem suas tarefas, sempre é chamado para explicar suas faltas, erros, falas, falhas, posturas etc. Sempre ganha menos, trabalha mais e adora se emburrecer mais ainda assistindo a programas ruins, como os de auditórios e novelas. Pessoas assim são totalmente guiadas pelo senso-comum, odeiam livros, programas culturais, boas músicas, obras de arte e história. Têm memória curta, que vai até o final de semana passado, e seu futuro se estende até o próximo pagode. Sendo resistentes assim, tornam-se irrecuperáveis e ainda contaminam outras indiscriminadamente. Agora falo da última: a pobreza. Não se trata aqui da pobreza material, daquela que impede a pessoa de viver dignamente. Falo da pobreza espiritual. A pessoa afetada por esta doença não sente medo de nada, apesar de ser extremamente covarde, não se cuida, nada faz e vive reclamando da saúde, do trabalho, do salário, do governo e do próximo, seja ele quem for. Nunca está satisfeita, não confia em ninguém e o mundo é sempre um caos. Não crê realmente em Deus, mas frequenta os cultos, e dá lição de moral, apesar de sabidamente ser imoral. É incrivelmente egoísta, está acima do bem e do mal e lhe faltam até as mais simples noções de ética. Ecologia, reciclagem, sustentabilidade, humanidade, amor, honestidade e outros temas a afugentam das discussões. O que lhe importa é viver bem a sua vidinha medíocre e os outros que se ralem. Enfim, grande parte da humanidade está doente e precisa urgentemente de bons médicos (ou professores?) e, o pior, os que não possuem esses males sofrem de irritação crônica.

24 comentários:

  1. Boa tarde professor, pois é, acredito que pessoas assim são as infelizes, pois quem é feliz nunca sofre desses males, que pena que são tantas,quando atraímos pessoas assim é bom olhar para nossa forma de pensar, pois se pensarmos, mesmo que por momentos coisas negativas, podemos sim nos deparar, não com uma, mas muitas pessoas assim!!!
    Abraços
    Ivone

    ResponderExcluir
  2. Oii amigo, concordo com tudo que disse, pobreza de espirito,a burrice ignorante que não quer aprender e a feiura de cará ter de fato são os piores defeitos de uma pessoa! Gostei do paralelo! Abraçoooss

    ResponderExcluir
  3. Dizer o que depois disso Guto?
    Existem muitas pessoas assim no mundo infelizmente, o final delas será sem duvida a solidão.

    ps: Grata pela participação no Divã virtual, suas palavras sempre coerente ajudam com certeza quem está desorientado.

    ResponderExcluir
  4. Quem sofre de burrice SEMPRE sabe tudo e por isso é pobre de espírito.
    Prefiro o ignorante!
    bjs
    Jussara

    ResponderExcluir
  5. Olá Augusto,boa noite!
    Realmente essas doenças são assustadoras.Nem saberia especificar qual eu acho mais nociva.
    Mas acredito que somente pessoas influenciáveis,aquelas do tipo 'Maria vai com as outras',se contagiam.
    Bom seria,se a pessoa afetada admitisse que precisa se tratar e se curar.Acho que os médicos não teriam como ajudá-las,mas bons professores dariam jeito sim.
    A sua observação sobre pobreza espiritual,me chamou muito a atenção;meu Pastor sempre comenta esse assunto.
    Como sempre uma crônica muito interessante.
    Abraços :)

    ResponderExcluir
  6. Olá Augusto,

    Muito profundo e verdadeiro seu texto, gostei muitooo...

    Abçs

    ResponderExcluir
  7. Também concordo com vc , pessoas pobres de espíritos, jé diz tudo, não é quem aguenta ficar perto, ai deixa nosso dia irritado, mas valeu a postagem muito ampla e cheia de verdades
    Abraços de bom dia
    Bjuss
    Rita!!!!

    ResponderExcluir
  8. Realmente, precisa de tratamento urgente !

    Meu post: http://agape-amorverdadeiro.blogspot.com.br/2012/08/11-bc-cafe-entre-amigos-coisas-que-me.html

    Paty Alves
    www.agape-amorverdadeiro.blogspot.com
    www.patyiva.blogspot.com
    www.tentardecoracao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. excelente reflexão,penso parecido com você, e a questão são as atitudes geradas pela falta de educação social e o desrespeito!

    Também estou participando da BC, passa lá depois:http://casascoisaseoutros.blogspot.com.br/2012/08/coisas-que-irritam.html
    Beijo no ♥, tenha um dia abençoado e sem irritações,rsss...

    ResponderExcluir
  10. Oi Augusto... Nem vou falar o que você já está cansado de saber né? rs
    Pobreza de espírito, esse pra mim é um dos piores...
    Pra que ficar sentado reclamando de tudo e de todos... se lastimando..
    Arregaça as mangas.. faça a diferença.. mude.. a mudança primeiro tem que começar aqui dentro de nós...

    Não tem como não falar.. to aqui mordendo a língua.. srrs

    "Adoro seus textos"

    Pronto falei srsr

    Tenha uma tarde linda...

    Sheila

    ResponderExcluir
  11. Bem elaborado seu texto, pessoas assim só nos fazem mal.

    ResponderExcluir
  12. Augusto,adoro vir te ler porque vc sempre foge ao lugar comum!Texto maravilhoso,inteligente, de coisas que são verdadeiramente irritantes pois fazem parte da pessoa!Um assunto a ser refletido!Adorei!bjs,

    ResponderExcluir
  13. Sem duvida concordo professor...

    ResponderExcluir
  14. Só tenho que parabeniza-lo assino em baixo essas coisas irritam e muito.

    ResponderExcluir
  15. Olá Augusto, a pobreza de espirito das algumas pessoas impedem as reais mudanças de dentro para fora em cada uma delas.É uma pena!
    Seu texto é perfeito. Real, Maravilhoso!!
    Parabéns! Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Olá Augusto. A humanidade está doente e precisa de tratamento. E ter que conviver com pessoas tão pobres de espírito nos faz mal e como consequência irritam-nos. Seus textos são sempre muito bem elaborados e nos oportunizam uma excelente reflexão. E aqui vou copiar a Sheila... adoro ler seus textos. São primorosos. Um abraço com meu carinho
    Gracita

    ResponderExcluir
  17. Oie!!!
    Passando para visitar o seu blog e deixar uma MSN especial pra vc.
    A vida é passageira, por isso aproveitem todos os momentos que vc tem nela.
    Chore quando quiser chorar.
    Sorria quando quiser sorrir.
    Cante e pule quando tiver vontade.
    Seja feliz, não ligue para que os outros pensem.
    Seja vc mesmo.
    Em frente a tudo e a todos para conquistar seus sonhos, objetivos e até mesmo um novo amor.
    E quando o seu dia chegar, vc vai olhar pra trás e dizer: _Eu fui feliz, não pq a felicidade veio até mim, e, sim, pq fui até ela.
    Fica com Deus.
    Toninha

    Twitter @toninhavr
    Blog http://cantinhodatoninha.blogspot.com.br/
    E-mail toninhavr@hotmail.com
    Face ToninhaFerreira
    FanPage Educar – O primeiro passo

    ResponderExcluir
  18. Olá multiplicador Augusto, receba um convite especial para conhecer os novos blogs/multiplicadores do mês de agosto/12, conforme as regras.

    Aproveite a visita para ler as novas páginas, pode ser interessante à parceria.

    http://www.educadoresmultiplicadores.com.br/

    http://www.marquecomx.com.br/

    Fiquemos na Paz de Deus e até breve.

    ResponderExcluir
  19. Olá Augusto, como vai?

    Passei para desejar uma ótima semana da Pátria.
    Multiplicador, Parabéns pelos textos. A blogosfera é carente de blogs que tenham informações relevantes, e você está contribuindo para que ela se torne cada vez mais rica em conhecimentos. Você faz a diferença!
    Obrigado por fazer parte deste universo virtual, obrigado por compartilhar um pouco do que sabe e contribuir para o aprendizado de muitos.
    Permita-me deixar o link para o blog Marquecomx, obrigado:

    http://www.marquecomx.com.br/

    Abraços, fiquemos na Paz de Deus e até breve.

    ResponderExcluir
  20. Creiio que maior burrice e feiura é sentir irritação por esses tolos! Se assim o são é por que ainda ha muito a aprender.
    Talvez seja dado a eles a liberdade de escolha, todo ser humano existe por que pensa e faz uso do seu livre-arbítrio. Se irritar com eles por que? Pela suas faltas de preparo, pelas suas ignorâncias e enganos?
    Creio que cada um de nós escolhe os seus caminhos e cabe-nos fazer deles, melhores ou piores!
    Eles escolheram os seus, outros escolhem o caminho da crítica e da irritação e outros ainda, escolhem caminhos para ensina-los com exemplos!
    Qual o seu? Juntar-se a eles, criticar com irritação, ou ensinar?
    Um provérbio árabe ensina:

    Na terra há varios tipos de homens,
    Aquele que não sabe e diz que não sabe, o humilde e deve ser ensinado.
    Aquele que não sabe e diz que sabe, o idiota, deve ser ignorado.
    Aquele que sabe e diz que não sabe, o egoista, deve ser esclarecido.
    Aquele que sabe e pensa que não sabe, o adormecido, deve ser acordado.
    Aquele que sabe, e sabe que sabe, o gênio, deve ser ouvido.
    Aquele que sabe e ensina o que sabe, o sábio, deve ser seguido!

    ResponderExcluir
  21. Amei o texto conto realmente a realidade que acontece, muitas pessoas se acha as tal e na verdade não tem nem um caráter de verdade dentro delas, não adianta as pessoas ser bonitas por fora cheias de beleza e por dentro ser tudo diferente, tem que ser pessoa do bem compreensivas, educadas com senso de humor.

    Giovana 2ºC Nº18

    ResponderExcluir

A configuração de comentários foi ativada.

Obrigado por passar neste espaço.
Deixe sua participação.